O que fazer no Parque

O relevo da Serra da Prata, os inúmeros riachos e a rica vegetação da Mata Atlântica presentes no Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange criam belos cenários naturais que atraem pessoas de diversas partes do país. Trilhas com diferentes níveis de dificuldade conduzem o visitante por variados ambientes, dando oportunidade para observação de aves e levando a cachoeiras ou ao cume da Serra da Prata, conhecido como Torre da Prata.

O Parque, entretanto, ainda não possui estruturas de apoio à visitação, tais como Centro de Visitantes e sinalização de trilhas, que constarão do Programa de Uso Público do Plano de Manejo, que ainda está sendo elaborado. Também estão em andamento os trabalhos visando a regularização fundiária, por meio da qual são identificados os proprietários de áreas no interior da Unidade de Conservação e propostas as devidas indenizações. Portanto, a visitação é atualmente realizada em áreas ainda sob domínio particular, sendo restrita aos locais que já recebiam visitantes antes da criação do Parque e sujeitas às normas estabelecidas por cada proprietário.

A equipe do Parque está trabalhando na melhoria de trilhas e no ordenamento da visitação de alguns atrativos e uma das etapas é o levantamento da quantidade e do perfil dos visitantes. Por isso, é possível que durante sua visita você seja convidado a responder algumas perguntas sobre o local de onde vem, seus interesses e atividades que gostaria de fazer ao visitar o Parque. Você pode também enviar comentários e sugestões à equipe do Parque pelo endereço eletrônico parnashl.pr@icmbio.gov.br. Sua participação é importante e, desde já, agradecemos sua colaboração.

As principais atividades que podem ser realizadas são: caminhadas em trilhas, observação de aves, banhos em riachos e cachoeiras e contemplação da natureza. É importante tomar certos cuidados, para proteger tanto o ambiente quanto sua segurança:

  • Planeje sua visita e informe-se sobre o local que pretende conhecer: meios de acesso, grau de dificuldade da trilha, necessidade de equipamentos especiais, infraestrutura existente nas proximidades (lanchonete ou restaurante, sanitários, hotel ou pousada, comunidades locais, condutores de visitantes, etc), condições climáticas, restrições ou normas específicas.
  • Para realização das caminhadas, é importante a utilização de roupas e calçados adequados: calça comprida, camisa ou camiseta, tênis ou bota. O uso de bermudas e sandálias ou chinelos aumenta o risco de ferimentos causados por espinhos ou picadas de animais. É recomendável também o uso de repelentes de insetos.
  • Ande sempre pelas trilhas, evitando abrir novos caminhos ou atalhos e fazer desvios, que danificam a vegetação e favorecem a erosão. Como as trilhas não possuem sinalização de percurso, é recomendável buscar informações junto à administração do Parque ou às comunidades locais.
  • Tenha muito cuidado ao andar sobre as lajes de pedra que formam as cachoeiras, mesmo quando estiverem aparentemente secas, ao atravessar riachos e andar sobre blocos de rocha. Estes locais costumam ser muito escorregadios e é alto o risco de acidentes.
  • Aproveite o ambiente e respeite os animais: faça o mínimo barulho possível e não leve aparelhos de som, para poder ouvir o canto das aves e os outros sons da natureza.
  • Respeite os outros visitantes e os moradores locais.
  • Para passeios com até um dia de duração, prefira alimentos leves, como lanches e frutas (prefira aquelas que podem ser consumidas com casca, que geram menos resíduos: lembre-se que você terá que levar seu lixo de volta!). Se precisar cozinhar, utilize um fogareiro e não faça fogueiras: elas prejudicam o solo, são potenciais focos de incêndio e enfeiam o local.
  • Não existe coleta de lixo no interior do Parque, por isso solicitamos aos visitantes que tragam de volta o lixo eventualmente gerado durante a atividade, depositando-o em local adequado. Além de prejudicar a beleza do lugar, os resíduos deixados também podem afetar a saúde dos animais silvestres. Colabore também com a conservação do Parque: se alguém esqueceu de recolher o lixo e você tiver condições de retirá-lo, faça isso! Sua contribuição é muito importante.
  • Conserve o ambiente: não arranque plantas, quebre galhos nem faça marcas nos troncos das árvores ou nas rochas e deixe pedras, sementes e conchas onde encontrar, para que os próximos visitantes também encontrem um lugar bonito e interessante. Leve de lembrança apenas as fotografias que tirar e a memória dos bons momentos que passou.

Conheça os principais atrativos:

Cabaraquara

Cachoeiras da Quintilha

Cachoeira do rio das Pombas

Morro do Escalvado ou Morro da Cruz

Salto do Tigre

Salto Parati

Trilha da Torre da Prata

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: