Sinalização da trilha do Salto do Tigre é implantada

Placa na chegada à cachoeira. Foto: Ruth Catão

Placa na chegada à cachoeira. Foto: Ruth Catão

Nas duas últimas semanas, a equipe do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange (PNSHL), juntamente com voluntários da unidade, realizaram diversas ações em campo de sinalização e manutenção na trilha do Salto do Tigre, um dos principais atrativos naturais do Parque. O resultado final foi a instalação de sinalização indicativa em todo o trajeto da trilha, a colocação de placas informativas, e a retirada do lixo jogado ao longo do percurso e na cachoeira.

As intervenções realizadas na trilha do Salto do Tigre, foram:

– instalação de placas rústicas com o nome do atrativo “Salto do Tigre”, no início da trilha e na chegada à cachoeira;

– instalação de placas direcionais de madeira em bifurcações, e pintura de setas indicativas em árvores, mostrando o sentido da trilha principal. O padrão escolhido é bastante resistente ao vandalismo, segue experiências internacionais bem sucedidas e adaptadas para a realidade brasileira, e tem sido utilizado em várias Unidades de Conservação no Brasil;

Placa colocada no limite do Parque. Foto: arquivo PNSHL

Placa colocada no limite do Parque. Foto: arquivo PNSHL

– restauração e recolocação de placa informativa no início da área do Parque (veja esta matéria);

– instalação de placa de advertência sobre os principais riscos e cuidados a serem tomados durante a visitação à cachoeira;

– retirada da trilha de toda sinalização colocada ou feita por usuários ao longo dos anos, que fugia do padrão adotado. Apesar de geralmente bem-intencionada, a sinalização informal de trilhas – geralmente feita de forma despadronizada, por várias pessoas em momentos distintos – pode acabar confundindo os usuários, nem sempre sendo claramente identificável e entendida da mesma forma por todas as pessoas;

– remoção de resíduos sólidos (plásticos, latas, vidros) da trilha e da cachoeira. Durante as visitas, todo lixo avistado na trilha e em sua proximidade foi recolhido e levado embora para a devida disposição. Além de afetar a beleza do lugar, os resíduos deixados pelos visitantes também podem prejudicar a saúde dos animais silvestres.

Estas ações são o resultado de trabalhos que vêm sendo realizados há mais de um ano. A madeira utilizada na confecção das placas e materiais de sinalização foi, em grande parte, doada pela Floresta Nacional de Irati, resultante da demolição de antigas casas. Desde o início, o PNSHL vem contando com o valioso apoio de sua equipe de voluntários que auxiliaram na concepção, entalhe e tratamento da madeira, pintura e instalação das placas.

Seta pintada em árvore. Foto: Rodrigo Torres

Seta pintada em árvore. Foto: Rodrigo Torres

A sinalização de trilhas e atrativos do PNSHL têm como objetivo principal o ordenamento do uso público desses locais, visando sua proteção. A sinalização adequada leva o visitante a permanecer na trilha principal, evitando o pisoteamento da vegetação lateral e o surgimento de trilhas secundárias, que aumentam o impacto da visitação. Ela torna a visita ao atrativo mais segura para os usuários e melhora sua experiência geral de visitação. Além disso, a visitação de forma ordenada normalmente acarreta a diminuição do fluxo de caçadores e palmiteiros nestas áreas, ajudando a proteger seus atributos naturais. A simples identificação institucional ao longo de toda a trilha, por si só, já ajuda a coibir ilícitos ambientais.

Seta entalhada em madeira. Foto: Silvester Thomas

Seta entalhada em madeira. Foto: Silvester Thomas

A visitação ao Salto do Tigre é antiga, realizada desde antes da criação do PNSHL, e esta é a primeira ação oficial de sinalização integral da trilha. Espera-se que, com a gradativa implantação do Parque e a consequente implantação da sinalização dos atrativos naturais da Serra da Prata, o PNSHL possa se consolidar como uma opção ecoturística permanente, independente da temporada de veraneio. Para mais informações sobre o Salto do Tigre, acesse este link.

O trabalho de sinalização e de manutenção de trilhas terá continuidade nas próximas semanas.

Solicitamos aos usuários das trilhas do PNSHL que informem a administração do Parque caso percebam sinais de vandalismo na sinalização.

 

Galeria de Imagens:

Placas rústicas produzidas pelos voluntários e equipe do PNSHL. Foto: Rodrigo Torres

Placas rústicas produzidas pelos voluntários. Foto: Rodrigo Torres

Trilha do Salto do Tigre. Foto: Alexandre Arins

Trilha do Salto do Tigre. Foto: Alexandre Arins

Remoção de sinalização fora do padrão. Foto: Ruth Catão

Remoção de sinalização fora do padrão. Foto: Ruth Catão

 

 

 

 

 

 

 

Instalação de placa. Foto: Alexandre Arins

Instalação de placa. Foto: Alexandre Arins

Salto do Tigre. Foto: Alexandre Arins

Salto do Tigre. Foto: Alexandre Arins

Placa de advertência. Foto: Alexandre Arins

Placa de advertência. Foto: Alexandre Arins

 

 

 

 

 

 

 

Parte da equipe que sinalizou a trilha. Foto: arquivo PNSHL

Parte da equipe que sinalizou a trilha. Foto: arquivo PNSHL

Parte do lixo coletado na trilha. Foto: Rodrigo Torres

Parte do lixo coletado na trilha. Foto: Rodrigo Torres

Parte das sinalizações removidas. Foto: Rodrigo Torres

Parte das sinalizações removidas. Foto: Rodrigo Torres

2 Respostas

  1. COMO FAÇO PARA VISITAR ESTA TRILHA ONDE FICA A ENTRADA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: