Nova ferrovia deverá passar no entorno norte do PNSHL

Engenheiro apresentando proposta da nova ferrovia. Foto: Rodrigo Torres

Engenheiro apresentando proposta da nova ferrovia. Foto: Rodrigo Torres

Em reunião ocorrida na CIETEP, em Curitiba, no último dia 5 de julho, foi apresentado o traçado da nova ferrovia que ligará o terminal de Engenheiro Bley, Lapa, até o Porto de Paranaguá.  Foi realizada a apresentação dos estudos do traçado, as questões técnicas deste, a localização e a extensão dos túneis e pontes necessários, o custo e o prazo da implantação do trecho. O responsável pela apresentação do projeto foi o engenheiro Paulo Henrique Torres, da Progen, empresa que realizou os estudos preliminares.

Já encontra-se disponível no site da ANTT a tomada de subsídio nº 16/2013, referente ao trecho da ferrovia Lapa – Paranaguá, com prazo de um mês para envio de contribuições, além dos relatórios técnicos, referentes aos estudos preliminares feitos na área do empreendimento.

Depois da tomada de subsídio, o estudo parte para a fase de audiências públicas, feitos nos locais de início e fim da ferrovia. Antes ainda acontecerá a Reunião Participativa nº 032/2013, com o objetivo de obter contribuições acerca dos Estudos Preliminares que buscarão disciplinar a concessão, à iniciativa privada, dos trechos ferroviários entre Maracaju (MS) e Paranaguá (PR), que será realizada em Curitiba, no dia 12 de julho.

Proposta do traçado da ferrovia entre a Serra do Mar e Paranaguá.  Adaptado de Google Earth com base de dados ICMBio e Progen.

Traçado da ferrovia entre a Serra do Mar e o Porto de Paranaguá.
Adaptado de Google Earth, com bases de dados do ICMBio e Progen.

A ferrovia deverá passar em um trecho do norte do futuro Parque Nacional de Guaricana e no entorno norte do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange.

Estiveram presentes na reunião: ICMBio/Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange (PNSHL), Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), VALEC, UFPR, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), Observatório de Conservação Costeira do Paraná (OC2), entre outros.

Links de notícias sobre o empreendimento:

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?id=1378543&tit=Um-projeto-sem-impasses-ambientais

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?id=1388546&tit=Nova-ferrovia-passara-ao-lado-da-277

Anúncios

Uma resposta

  1. Mais fragmentação de floresta. Que derrota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: