Profissionais da Educação assistem palestra sobre o PNSHL

Aproveitando as semanas de planejamento que ocorrem no início de cada ano letivo, a equipe do PNSHL começou, no dia primeiro de fevereiro, a divulgação da Unidade de Conservação (UC) para as escolas localizadas nos municípios que compõem sua área de influência.

Cerca de 90 educadores dos Centros de Educação Infantil de Pontal do Paraná assistiram apresentação sobre o Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange e o ICMBio

O contato com as Secretarias Municipais de Educação e com o Núcleo Regional de Ensino de Paranaguá (instância de governança da Secretaria Estadual de Educação que atua na região do Parque) foi feito no final do mês de janeiro, buscando a inserção do tema na programação da semana pedagógica, quando se reúnem professores, coordenadores, diretores e, eventualmente, outros funcionários das escolas. As apresentações foram agendadas conforme a disponibilidade de cada município e acontecerão ao longo do mês de fevereiro abrangendo Morretes, Matinhos e Paranaguá, que possuem área na UC, e Pontal do Paraná que, embora não esteja inserido no Parque, está muito próximo a ele. O município de Guaratuba, o quarto integrante da UC, não participará destas atividades divulgação, pois isto ocorreu em 2011, através da participação no programa de educação ambiental do Projeto Cultimar, desenvolvido pelo Grupo Integrado de Aquicultura e Estudos Ambientais (GIA), uma instituição parceira do Parque.

A apresentação é breve e tem a finalidade de mostrar os objetivos do Parque, caracterizar sua fauna e flora e indicar os mecanismos de gestão, com destaque para o Conselho Consultivo. Um vídeo institucional sobre o ICMBio finaliza a atividade. Cada escola recebe ainda um conjunto de materiais composto por folhetos e adesivos do Parque, folhetos e calendário do ICMBio, um jogo distribuído pelo Ministério do Meio Ambiente sobre o ambiente marinho e folhetos produzidos pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) com informações sobre a APA estadual de Guaratuba, que forma um mosaico com o PNSHL, e outras questões ambientais.

A apresentação destaca os objetivos do parque, caracteriza sua fauna e flora e os mecanismos de gestão participativa. No detalhe, alguns dos materiais que são distribuídos para cada escola.

As atividades começaram por Morretes, com a presença de cerca de cem pessoas das dezenove escolas municipais. Em Matinhos, no dia seis, foram realizadas apresentações nas duas escolas estaduais mais próximas ao limite do Parque, nos bairros Tabuleiro e Sertãozinho, totalizando 68 professores. Em Pontal do Paraná, por solicitação da Secretaria de Educação, serão feitas duas apresentações a fim de abranger tanto os professores de ensino fundamental como os de educação infantil (crianças até cinco anos de idade). A primeira palestra naquele município foi realizada no dia oito, atendendo 90 profissionais de dez centros de educação infantil. Até o final do mês, a equipe do Parque realizará atividades em Paranaguá e novamente em Pontal do Paraná, concluindo o cronograma previsto.

Uma resposta

  1. […] desta semana de atividades. “Acredito que isso aconteceu porque fizemos um esforço de divulgação da UC junto aos professores das redes municipais na região no início deste ano. Felizmente pudemos […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: