ICMBio lança módulo de relatórios do Sisbio

Será lançado na próxima quinta-feira (18), durante o Seminário de Pesquisa do ICMBio, o módulo de Relatórios do Sistema de Informações em Biodiversidade (Sisbio) que consiste no recebimento on-line de relatórios de atividades referentes às autorizações científicas ou didáticas e licenças permanentes concedidas pelo Instituto Chico Mendes.

Em operação desde 2007, o Sisbio  é um sistema de atendimento à distância que permite a pesquisadores solicitarem autorizações para a coleta de material biológico e para a realização de pesquisa em Unidades de Conservação federais e cavernas. A implantação do sistema on-line melhorou significativamente o atendimento e a prestação de serviços junto aos pesquisadores graças a seu formato automatizado, interativo e simplificado, propiciando a retomada da boa relação entre a comunidade científica e os órgãos ambientais, que vinha sendo conturbada pelas dificuldades decorrentes dos procedimentos de análise das solicitações de autorização de pesquisa por meio de processos administrativos, em papel. Adicionalmente, o recebimento de relatórios impressos com as informações científicas, formato utilizado anteriormente ao Sisbio, trazia grande dificuldade para sua utilização efetiva na gestão.

Apesar desses avanços, um dos principais objetivos do Sisbio não vinha sendo atingido: a aplicação da informação científica para a gestão da sociobiodiversidade. O lançamento do módulo de Relatórios visa  resolver essa pendência, permitindo importante salto de qualidade para o ICMBio: passar do modelo cartorial de emissão de autorizações e licenças para o de gestão da informação. O módulo foi desenvolvido pelos analistas de sistemas Joseilson de Assis Costa, do Cemave, e Laplace Gomide Junior, do RAN, e contou com a importante contribuição de analistas ambientais das unidades de conservação, de representantes da comunidade científica e dos técnicos das coordenações vinculadas à Coordenação-geral de Pesquisa e Monitoramento, evitando causar impacto significativo aos pesquisadores em seu preenchimento. Certamente serão necessários ajustes para que esses objetivos possam ser cumpridos. As adequações apenas poderão ser plenamente conhecidas por meio do retorno resultante da operação rotineira do módulo pelos operadores do ICMBio e pesquisadores. É importante salientar que os pesquisadores terão prazo até 31 de dezembro para que os relatórios das autorizações e licenças emitidas desde a implementação do sistema sejam preenchidos e submetidos. Até esse prazo não serão impedidas concessões de novas autorizações aos pesquisadores que até então não tenham apresentado relatório de autorizações ou licenças permanentes já concedidas.

A Coordenação de Gestão da Informação do ICMBio espera que o módulo Relatório do Sisbio atenda às necessidades do Instituto na gestão da informação sobre sociobiodiversidade, gerando informações sobre ocorrências de espécies, como também recomendações para o manejo/gestão das unidades de conservação federais e cavidades naturais subterrâneas.

Para informações sobre o Sisbio clique aqui

Fonte: ASCOM / Boletim ICMBio em Foco n° 158

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: