Capacitação dos Conselheiros começa com grande participação das comunidades

A equipe do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange realizou no dia 2, terça feira, a primeira etapa do ciclo de capacitação sobre Plano de Manejo, dirigido aos membros do Conselho Consultivo e lideranças comunitárias convidadas. O curso ocorrerá em três etapas e tem o objetivo de formar agentes multiplicadores de informações sobre a Unidade de Conservação e o processo de elaboração do Plano de Manejo, de forma a possibilitar às instituições e à sociedade em geral, a participação mais efetiva nos momentos em que forem consultadas sobre o assunto.

Trinta e três pessoas participaram das atividades, entre Conselheiros, lideranças comunitárias, funcionários do Parque e outros convidados. Desse total, dezoito pessoas vieram de onze comunidades vizinhas à UC, e  demonstraram grande interesse nas atividades propostas.  As discussões do dia foram acompanhadas por dezessete alunos do sétimo período do Curso de Gestão Ambiental da UFPR-Litoral, que cursam o módulo mediado pela Professora Juliana Quadros, representante da Universidade no Conselho do Parque.

Trabalho em grupo

Os trabalhos do dia visaram aprofundar os conhecimentos que os participantes possuíam sobre o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC), em especial sobre as categorias de Unidades de Conservação existentes no litoral paranaense: Parque, Área de Proteção Ambiental e Estação Ecológica. Os presentes foram divididos em grupos para discussão, cujas conclusões foram, posteriormente, apresentadas e debatidas entre todos.

Por meio de dinâmicas desenvolvidas ao longo do evento, os participantes colocaram seus principais anseios em relação à capacitação e ao Plano de Manejo: além do interesse em adquirir conhecimentos relacionados ao processo de elaboração do plano, tanto os representantes de comunidades quanto de instituições manifestaram a vontade de colaborar na sua construção, bem como transmitir tais conhecimentos entre aqueles que representam. Com relação à importância de ter o Plano aprovado, recebeu destaque a necessidade de se definir e divulgar as normas de uso do Parque e da zona de amortecimento, para que todos se sintam seguros em desenvolver suas atividades dentro da legalidade.

Reunião Ordinária

Após o encerramento da etapa de capacitação, no meio do período da tarde, teve início a 10ª Reunião Ordinária do Conselho Consultivo. Os principais itens da pauta foram: a restruturação do Conselho, com ampliação do número de representantes; e a proposta de alteração do Regimento Interno, visando sua adequação à Portaria ICMBio n° 11, de 08/06/2010, que rege a criação e o funcionamento dos conselhos consultivos das UCs federais. As duas propostas foram preparadas pelo Analista Ambiental Otávio Consoni e discutidas previamente em reunião do Grupo de Trabalho, formado na 9ª Reunião Ordinária especificamente para discussão destes temas.

O texto do novo Regimento Interno foi homologado pela assembléia sem modificações, já a alteração da composição do Conselho foi aprovada com ressalvas. O objetivo deste último item é ampliar a representação das comunidades vizinhas e do setor acadêmico e incluir, por meio de acréscimo ou simples substituição, outras instituições governamentais de interesse, como a Mineropar e a Embrapa Florestas. Os presentes na plenária concordaram com a ampliação, porém solicitaram que seja feita consulta às instituições e aos representantes da sociedade civil sobre o interesse em participar do colegiado, a fim de obter o compromisso das mesmas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: